Simplicíssimo

O GreNal e as verdadeiras histórias infantis

Eis que conversavam os três amigos, envolvidos pela semana GreNal, após a leitura do simpliconto “Na vida real os contos são ao contrário!” da Léa Sperb:

Eduardo Sabbi – Na verdade os adultos é que acabam distorcendo as histórias infantis. Por exemplo: na origem, os sete anões colorados conhecerem a bela Branca de Neve, que também era torcedora do Internacional. Mas a malvada bruxa gremista queria acabar com eles e se olhava no espelho, se achando a bolachinha imortal do pacote. Obviamente, por interesses da Rede Globo de televisão, retirou-se a parte futebolística desse e outros contos. Tu vê…

Débora Prestes – Nossa!!!! Que versão tendenciosa da história!!!!! Com certeza o lobo mau também era gremista e o caçador que salva todos na história era visto sempre com uma camiseta vermelha… a bruxa que prendeu Rapunzel no castelo era seguidamente vista com integrantes de um grupo chamado Garra. Sorte da bela donzela que foi salva pelo charmoso príncipe de apelido "matador", parece que o nome era Fernando… Também ouvi dizer que a Cinderela, na verdade, não perdeu o sapatinho de cristal… não… ela perdeu uma camiseta com o número 12 numa festa à beira da piscina… o príncipe teve que fazer todas as moças do reino experimentarem a camiseta para ver em qual servia!

Ibbas Filho – Tríplice coroamente bom! Mas vou te dizer que tinha a fila de moças lindas pra experimentar a camiseta era enorme, já que o Inter tem a maior e melhor torcida do RS!

Débora Prestes – Sorte dele que a T-shirt não estava com a "nhaca" pós jogo… Quem souber que conte outra…


P.S. Agradecimento especial à colaboração da Débora Prestes, simplileitora de mão cheia.

Eduardo H. Sabbi e Ibbas Filho

Últimos posts

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed