Simplicíssimo

Lenha na fogueira

Alfredo Carvalho Pinheiro Nogueira Oliveira Laranjeira Pereira era um cara de pau. Tinha voz de taquara rachada. No futebol, uma nulidade: um verdadeiro perna-de-pau. Quando lhe perguntavam quando ia casar com Florisbela, batia três vezes na madeira. Trabalhava numa madeireira durante o dia e fazia bicos de carpinteiro depois do trabalho e nos fins-de-semana. Seu prato preferido era filé. Ao molho madeira. Feito em panela de barro. Mexido com colher de pau. Seu perfume era aquele famoso, com odor amadeirado. Quando morreu, não pode usar paletó de madeira: morreu queimado num incêndio na floresta.

Rafael Reinehr

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts