Simplicíssimo

Persuasão

– Não adianta, nunca consegui. – apagou o cigarro.

Encarou-o, debochada. Postou-se em frente a ele, mãos na cintura, desafiante. Uma bofetada a atirou contra a parede. Ele se aproximou, sereno. Ela, olhos enormes e assombrados, respiração irregular, excitação crescente.

– Peça! – açoitou-a esta única palavra.

Abaixou a cabeça. Ele pisou em seus dedos. Era quase insuportável.

– Mais, por favor!

Com o primeiro chute, sentiu-se flutuar. Gozou seguidas vezes, no ritmo do punho dele.

Livia Santana

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!