Simplicíssimo

Autor - Simone Cristina Bazilho

Platônico

 Não sei o que sinto quando te vejo, ou ouço a sua voz. Tenho orgulho, sinto um frio na de barriga, fico muda, com cara de boba. Tenho medo de que me ache louca. Quando ouço você dizer que a sua vida é uma...

Verdade

A verdade é única: Você colhe aquilo que planta. As suas decepções carregam suas falhas… Você se deixa levar por atos falhos não há motivos na hora para reclamar… vai se esquecendo… e quando vê: já é...

Discurso poético

Toda vez que você me vê, sinto que a sua indecisão vai acabar. Tem horas que a irritação é tamanha, e eu te odeio tanto com todas as minhas forças; só até o momento que você volta a ser quem é: uma pessoa indecisa, mas...

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!