Simplicíssimo

Mamãe está a venda

Turbulência, altos e baixos e explode duas turbinas do avião. Você querendo escapar, achar um pára-quedas, qualquer coisa que sinalize pela sua sobrevivência. Eis que surge a proposta: trocarias tua vida pela de tua mãe? "É claro que não", respondes prontamente.

O avião consegue planar e aterrisar de barriga em perfeitas condições, mas em alto-mar. Começa, imediatamente, a afundar. Você amarrado ao cinto com um assento que não solta. A água começa a subir e você preso ao cinto, tentando de desvencilhar e ainda ter o assento como apoio de flutuação. Eis que surge a proposta: trocarias tua vida pela de tua mãe?

E novamente, a resposta seria: "É claro que não". Por que, então, esta resposta seria diferente se fosse referente aos amigos, colegas, esposas ou a mãe de algum destes? Fatalmente existiria a dúvida e, num momento crucial como este, você entregaria qualquer um deles. Trocar de vida, por vezes, não é apenas aniquilar ou exterminar uma pessoa, pode ser simplesmente permear seus sonhos, minar suas defesas, entregar suas fraquezas a seus inimigos.

Por isso, antes de ganhar créditos por deméritos de outros é bom colocar-se um pouco no lugar da outra pessoa. Todos temos defeitos, mas o maior deles é, com certeza, a capacidade de vender até a própria mãe para conseguir o que se quer ou impedir que outra pessoa consiga.

Mauro Rodrigues

Últimos posts

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed