Simplicíssimo

O olho

Fiquei observando Vi seu ir, seu vir, ir e vir

Sua conversa com as pessoas

Seu gesticular, articular

 

Curioso, não precisei ouvir

Os olhos ouviram

Minha pele sorveu o sorriso

Sorri de canto

 

A Mímica que encanta

Seu leve balançar balança

O seu desfilar desafia

E leva consigo minha consciência

De trás da vidraça sinto-me protegido

Suas ameaças de encanto não alcançam ali

Mas cativo de pensamento algemado

Levo sua figura para minha cama

 

 

Acordo suando

Marcos Pedroso

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!