Simplicíssimo

Vou escrever poesias

Vou escrever três poesias

Escrever à tinta

Três, pois três é um número bom

Poesias não têm compromisso com a matemática

Correr a caneta no papel

Como quem rabisca uma assinatura conhecida

Automático, escape autônomo

Os dois são amigos e não pedem recibo

Com a demanda acelerada dos dias nossos

Adequar coisa como esta dispensável

Encaixar o grito rouco quase mudo

É afogar o coração em um mar de esperança

Marcos Pedroso

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!