Simplicíssimo

Anestesia

I.
Por muitos anos, viveram como se nadassem num mar de rosas.
Anestesiados pelo amor, não sentiam os espinhos.

II.
Esgotado o romantismo, sentiram as primeiras espetadas. As quais, pouco a pouco, tornaram-se recorrentes, corriqueiras.
Apesar disso, permaneceram juntos até o fim.
Na verdade, não é só o amor. O tempo também anestesia.

Wilson Gorj

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!