Simplicíssimo

Frustrações Literárias III

TENTATIVAS FRUSTRADAS

Tentou de tudo.
Tentou viver um grande amor
mas só experimentou a ilusão das paixões fugazes.

Tentou vencer e ser alguém na vida.
Mas fracassou. Não era ninguém.

Mesmo assim, continuou tentando.

Tentou escrever um livro,
plantar uma árvore,
fazer um filho;

mas as palavras não germinaram,
a semente não vingou,
descobriu-se estéril.

E suicídio?

De nada valeu:
o revólver falhou,
a passarela estava interditada,
o veneno revelou-se inócuo.

Em desespero, tentou até vender a alma ao Diabo.
Negócio impossível. O inferno abrira falência.

Desacreditado, já não sabia mais o que tentar.

Por fim, achou que podia ser poeta…

Outra vez estava enganado!

Seu primeiro e único poema
também entrou para lista
de suas tentativas frustradas.

Wilson Gorj

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!