Simplicíssimo

126 – A Razão do Lula

Lula desafiou o povo. Chamou-o de acomodado. Sem ver que ele mesmo acomodou-se de posse do poder, acusou a todos os que um dia já pôde chamar de seus, de serem os responsáveis pelos problemas da Nação. Incrédulos, os que até então acreditavam que ele levantaria sua bunda da cadeira para enfrentar a miséria, o desemprego, a fome, o analfabetismo, a injustiça e o FMI, o vêem agora firme apenas na sua constante afronta à língua portuguesa.

E enquanto os já conhecidos dragões e leões glutões seguem atormentando contribuinte (deve vir de "com tributos") e assombrando a economia, Lula cria uma criatura que parece ainda mais violenta: o Spread. Para analfabeto nenhum botar defeito. Assusta até no falar. Tem que enrolar a língua, cidadão. Pior, Lula jura que o tal bicho foi criado e alimentado por cada um de nós e só de leve tem nada a ver com o ávido e lucrativo sistema bancário e que ele não tem lá nada a ver com isso.

Lula insiste, dias depois, mesmo com um tsunami de críticas em cada rádio, jornal, canal de TV, cada tanque de lavar roupa, construção e boteco tupiniquim. Talvez prossiga até que entendamos a sua mensagem. Ó povo brasileiro, descruze os braços, revolte-se, lute contra os que te exploram. Sim, Lula tem razão, a sua razão. Só não sei se estaria ele se referindo ao nosso próximo voto ou incitando mais um impeachment …

Girafa Simplex

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!