Simplicíssimo

Auto Análise

Comparando-me com alguma coisa
Como poderia me exemplificar?
Que características posso me dar?
Escuro como a caverna
Embaçado como a neblina
Transparente como água cristalina
Usado como a taverna
Vazio como o nada
Triste como o velório
Calmo, sereno, simplório
Sem graça como o escritório
Da velha e chata advogada.
Maltratado como escravo
Penitente como o pecador
Surrado pelo amor
Com alma cheia de dor
Flechado como o alvo
Burro, como o pateta
Insiste em amar
Sabendo que em nada vai dar
Sabendo que só vai piorar
Mas tenho que sofrer, sou poeta!

Fabricio Pessoa

Últimos posts

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed