Simplicíssimo

Melhores Juntos

Não há no mundo nenhuma junção de palavras que possa
expressar algo tão imenso.
E nenhuma musica que possa explicar uma historia tão linda.
Posso falar de alguns dos bons e maus momentos que vivemos,
e quando um pouco mais velhos olharmos as fotos, coloridas,
preta e branca ou em cor de sépia iremos rir e chorar.
Vai ser difícil não ter que lembrar de uma manhã na praia,
uma festa marcante na casa de grandes amigos,ou uma
tarde vazia que se transforma num bom papo no telefone.
Eu posso, além disso, falar mais sobre nossas vidas,
ilustrar com vilões e heróis, ou até mesmo transformá-la
num belo filme de romance, onda lá sim, esse enredo
teria um final feliz. E finalmente para por um fim no resumo
dessa historia tão longa te contar o segredo sobre o que
mais importa para nós:
que apenas, somos bem melhores juntos.
Juntos, para olhar as estrelas.
Juntos, para não fazer nada e ainda assim está fazendo alguma coisa.
Juntos, para quando estivermos distantes.
Juntos, para até que a imortalidade nos separe.
Juntos, para até algum outro dia; ficarmos, juntos outra vez.
Não há nesse mundo nenhum tipo de livro que possa falar por nós.
E nenhuma equação matemática para explicar por números por que
de um jeito ou de outro acabamos sempre juntos.
Nosso enredo tem princípios básicos de uma historia mitológica,
onde no fim de tudo os “amantes do amor” acabam colocando seu amado
pelos caminhos infinitos das estrelas.
Vai ser difícil não lembrar das historinhas infantis que até hoje fazem
sentido e nos tornaram juntos a uma concepção do mundo, pessoas melhores.
E quando mais tarde os cabelos brancos tiverem tomado o nosso “tempo grego” vamos lembrar que além da vida ser essa eterna “reciprocidade apática” e às vezes, nem sempre tão feliz assim, existe coisas que valem a pena serem feitas. Daí todos olharam para os lados e então deduziram uma simples e verossímil verdade: de que apenas sempre, sempre somos melhores juntos.
Juntos, para sorrir um sorriso único.
Juntos, para sermos felizes.
Juntos, para mesmo dormindo nos encontrar entre os sonhos.
Juntos, para até que Deus diga: “amor não existe.”
Juntos, para até o dia em que a palavra “juntos” seja sinônimo de “separados.”
Eu acredito em memórias, e cem por cento de mim é formado disto
e por onde quer que eu vá estou sempre me perguntando
porque? A vida é assim, tão estranha.
As coisas passam, a gente cresce e nos agarramos a lembranças mesmo
depois que elas se tornam quase invisíveis em nossa própria mente,
e depois de certo tempo, quando você não achar que tem mais
certeza de nada, uma idéia se torna uma grande oportunidade de tentar
ser feliz mais uma vez…E então, a parti dai, a mágica acontece, porque
acabados de descobrir, que um felizes para sempre, com palavras, musicas livros e expressões matemáticas podem existir, mas só quando, e somente quando estivermos juntos para um sempre indefinido.

 

 

Huebert Missano

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!