Simplicíssimo

Reflexão de verão

O verão chegou
Já não me anima
Não como antes
Olhar meninas
Suas roupas provocantes
Não me excita
Ou melhor
Não me excita tanto
E me causa espanto
Como tudo o que não se explica.
Vou andando
A angústia fica
Me maltratando
Me perseguindo
E eu, não conseguindo
Entender o porque
E porque entender
Porque não, simplesmente viver
Esquecer
Esquecer tudo
Viver o instante
Essa vida incessante
Cheia de questões
Sem soluções
Incógnitas eternas…
Escuro
Sem vela, sem lanterna
Muro
Sem tijolos , sem cimento
Sem nada
Sem tudo
Mundo absurdo
Sem Ter
Sem ser
Sem razão…
Vou viver,
Sofrer,
Voltar à realidade então
Parar de escrever
Essa reflexão de verão.

Fabricio Pessoa

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!