Simplicíssimo

Reflexão de verão

O verão chegou
Já não me anima
Não como antes
Olhar meninas
Suas roupas provocantes
Não me excita
Ou melhor
Não me excita tanto
E me causa espanto
Como tudo o que não se explica.
Vou andando
A angústia fica
Me maltratando
Me perseguindo
E eu, não conseguindo
Entender o porque
E porque entender
Porque não, simplesmente viver
Esquecer
Esquecer tudo
Viver o instante
Essa vida incessante
Cheia de questões
Sem soluções
Incógnitas eternas…
Escuro
Sem vela, sem lanterna
Muro
Sem tijolos , sem cimento
Sem nada
Sem tudo
Mundo absurdo
Sem Ter
Sem ser
Sem razão…
Vou viver,
Sofrer,
Voltar à realidade então
Parar de escrever
Essa reflexão de verão.

Fabricio Pessoa

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed