Simplicíssimo

Despedida, Palavras ao Vento, O Último Adeus (escolha o título!)

"Fecho a porta de casa e sento no meio fio. Não consigo mais ficar naquela sala vazia. Não há móveis, não nada, vendi tudo. Cada centímetro é uma lembrança, uma saudade, cada lembrança uma dor. Você se foi sem nem me avisar, deixou–me só. Como posso perdoar? Lágrimas escorrem pela minha face, choro por mim e por você. Meu pranto é pelo que fizemos e o que deixamos de fazer. Pelo nosso passado, e pelo futuro que não teremos.
Esta estrada a minha frente a qual levar-me-á para algum lugar, contemplo-a. Terei coragem de levantar e seguir adiante sozinha, sem você segurando minha mão? Levanto e observo nossa casa pela última vez, tão bela, tão vazia… Sigo em frente, preciso fazer o decidido. Caminho ao seu encontro. Atravesso o imponente portal de sua nova morada e com as mãos trêmulas e o coração despedaçado entrego-lhe estas palavras. Deposito aqui, nessa pedra fria, o meu último adeus a pessoa amada."

Joice Larissa

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!