Simplicíssimo

Dia de Cão

O despertador toca as 6h,
ahrrrrrr, hora de levantar….
sabe aqueles dias que tu levanta, com dor de cabeça, com raiva do mundo, querendo morrer??? foi ontem…
logo pela manhã, apos o despertador meu mundo caiu e ainda revirou…
não tinha café… o carro não pegou… tive de ir de ônibus para o trabalho…
cheguei atrasada… meu chefe me chamou é deslanchou compromissos, reuniões, palestras… EU QUERO SUMIR… foi o que imaginei enquanto fingia ouvir o que ele dizia…
faz dois meses que não tenho alguém na minha vida, alguém pra admirar, pra ouvir dizer, como você bonita, eu gosto de você, você é especial…
volto pra minha sala, sento em frente ao computador e divago…
ate quando isso vai durar???
Ane minha assistente (estagiaria) entra na sala, para me passar a agenda do dia, fala, fala… o que??? Eu não escuto… não consigo entender… ela para me olha e diz:
– O que você tem???
E então tudo vem como um rio, depois de solta as barragens….
Choro, choro compulsivamente, choro desesperadamente…
Nem eu sei porque esse dia estava sendo de cão.
Ane que preocupada correu para buscar lenços, volta e me olha meio curiosa, meio preocupada…
Já tinha passado, eu enxugava as lagrimas, e de pé decidia…
– cancela todos os compromissos, eu já vou…
Chego em casa… tudo vazio… escuro… sem vida…único movimento: meu peixinho no aquário… pra lá… pra cá…
Me jogo no sofá… e sinto o tempo passar…
Adormeço… o relógio desperta… acordo… outro dia
Levanto, vou me arrumar… e no banheiro… entendo, minha menstruação acabou de chegar.

Acir Vassallo Vidal Vidal

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!