Simplicíssimo

Autor - Lenne (somente Lenne)

Compassos

Música para começar. Música alta. Felicidade não se racionaliza Tentando esquecer o que não se tem como Gesto no movimento Sol em demasia Novos tempos Velhos tempos Mistura de tudo Onde andam meus músicos? Onde andam...

O Swing das Paixões

Fracasso. Palavra feia, chata. Mas que serve par algumas coisas. É através deles que vemos que algo não está indo para o caminho certo. Através de um fracasso enxergamos onde erramos. Com eles, ao contrário do que...

Medo e Ignorância

O ser humano me assombra. Eu me assombro comigo. Me assombra a crueldade a que somos capazes, a capacidade que temos de nos isentar de tudo, de nos trancarmos dentro de grades, de nos armarmos e acharmos que assim...

Doce Tentar

Construir mundos, destruir outros. Superar pensamentos, sentimentos. Ir atrás do que se quer, parar quando se deve. Um dia após o outro, não há segredo, não há mistério, não é tão difícil quanto parece. Desfocar-se dos...

I Got The Power

Eu vou dominar o mundo. Sim. Eu, o Pinky e o Cérebro juntamente com alguns aliados, estamos em vias de dominar o mundo. Claro com um bom planejamento prévio para que não haja sobressaltos no decorrer da luta...

For all the things

Uma coisa de cada vez. Se tudo fosse como um todo Sem partes a serem recolhidas Se ontem se repetisse ou se tudo fosse novo Uso muito o se Sempre coloco um por que Me cerco de interrogações Quando o que eu queria era um...

Aprendendo a Viver

Tudo se faz diferente. Todos os dias o mesmo dia. Por que não eu? Essa pergunta muitas vezes amanhece comigo, mas se desfaz no decorrer do dia. Se tivesse dado certo? Como seria? Não sei. Sei que já era e quando fiz o...

My Soul

Até que ponto o medo nos coíbe? Até que ponto o medo nos liberta? Qual o limite para respeitarmos nossos medos? É necessário respeitá-los? O que é preciso é desfazer amarras. Medos se rompem, medos se transformam. O que...

Changes

Mudando o foco o assunto o lugar mudando o trejeito os olhares os amores mudando o relato o fato o extrato mudando as culpas os erros o medo tirando o pó o teu numero as escamas as normas o teu nome revelando outro lado...

Sem sair do tom

Quem saiu do Brasil a mais ou menos um mês atrás e voltou por agora deve estar achando que está em algum tipo de viagem psicodélica. O Robert aí, que denúncia todo mundo era o corrupto dos corruptos. Agora dá autógrafo...

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!