Simplicíssimo

Sem despedida

Foi muito rápido, ninguém esperava, ele nos abandonou

Não sofreu, não deu trabalho, como temia.

Não falhou consco. Nunca falhou!

 


E acontece que tudo um dia nesta vida acaba


E somos como e fumaça, que se vai com o vento


E sem aviso ele se foi


 


Choramos pois é triste a saudade de alguém que não vai se ver mais,


Será ator em nossos sonhos e em nossa memória.


 


Quando tinha sede ele não bebia água, bebia salmoura.


‘O bebe sarmora’, ‘o tric tric’,


Um Grande Homem!


 


Deixa saudade e um grande vazio.


O meu velho pai.


Marcos Pedroso

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!