Simplicíssimo

Dois mundos

A falta de emprego exerce uma pressão esmagadora na auto-estima de um homem. Quanto mais se prolongar o estado de desemprego, tanto mais encurtará o seu moral.

Da Silva estava desempregado há quase dois anos e precisava decidir-se entre duas opções. Dois mundos diferentes.

Herdara do falecido pai uma pistola automática –– modelo antigo, porém, eficiente.

Sem grana e dignidade, ponderava seriamente em dar cabo da própria vida. Bastaria um simples apertar do gatilho e –– pronto: faria parte do “outro mundo”.

Faltou-lhe, no entanto, coragem.

Decidiu, então, optar pelo mundo do crime.

Wilson Gorj

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!