Simplicíssimo

p o e t i z e o caos

Não reconhecer a si mesmo é não reconhecer a si mesmo. E não reconhecer a si mesmo é o mesmo que não rever ,conhecer ou reconhecer a própria lógica. Claro, e é lógico! A lógica não precisa de um ou de dois…a lógica que existe em ti ou em mim ou no tio do churrasco de gato precisa saber…e somente saber que o 1 precisa do 2 pra que ambos se façam três.

Raciocínio. Lógica. Matemática. Humanidade.

Quem precisa de cão quando gatos caçam? Quem precisa de mim, se existe sempre um outro número de telefone á frente do meu nome na agenda telefônica?

Não há pra onde escapar, não há cama pra se arrastar pra baixo. Nossos pais foram levar os cães pra passear, estamos presos. Presos numa lógica pessoal. Presos na calculadora sem pensar. Calcular o vento de se estar sem pensar, de estar sem precisar estar.

Lógica…presos na própria lógica.

As escadarias nos levam á uma visão ampla do que a gente chama ¨entendimento¨?!

Pura lógica…ver de cima, perceber ventos e ventanias, cores e amores, jeitos e defeitos. Coisa de humano desajeitado. Coisa de materialista, já que ninguém foge disso. Já que todo ser humano é preso á própria carapaça. E olhe que carapaças servem pra proteger e não pra prender, viciar , engasgar palavras que de fato deviam ser soletradas, ditas, expelidas, vomitadas.

Não sei pra onde vamos. Porque vamos pra onde as mentes abrem portas…espera…já viu mentes abrirem portas?! Já?! Não. Eu nunca vi.

Pura lógica. Fazer o que…mãos abrem portas, mãos impulsionadas pelo braço ou ante braço, enfim, pura lógica. Cálculo, cateto , hipotenusa, raízes, números. Seres humanos. Tudo combina, entendes?! Curtiu o trocadilho? Já somos toda parte de um mecanismo só, e parece assim…tão sólido…tão eterno…tão viciante! Quem escapa disso? Quem escapa disso já morreu meu filho. Quem escapa disso é budista …alguém que já alcançou a tão desejada ¨iluminação¨…ou um sonho que não acaba nunca…ou quem sabe até um vislumbre pra um sonho que vai acabar, uma realidade.

Existem tantos tipos de vícios. Eles estão á nossa volta, todo o tempo , o tempo todo, e a gente não escapa, na real, a gente gosta, porque apanhar de vez em quando é bom…dá tesão…claro, claro…e o que não dá tesão hoje em dia?! As pessoas vivem á flor da pele de qualquer forma.

Continuando com os vícios…bom, eles são lógicos e incrivelmente previsíveis, feito o caos, que segue em frente, com toda a calma do mundo, já dizia o Renato. O que não nos impede de dizer a verdade. Admita! Tu é viciado! Todo o tempo, o tempo todo! Tu acredita em fantasma e em mula sem cabeça, Tu acredita em segundos, milésimos e ponteiros! Diga pra todo o mundo que o que soa no teu subconsciente é só um tic tac contínuo e sem razão de ainda estar vivo! Tu vê vida em tudo! Mas Tu não vê lógica onde deveria ver! Tu vê lógica na escola, nas aulas de filosofia , junto do teu professor…junto á mais de 40 pessoas que fedem a hormônios numa sala só…com três janelas de cada lado.

Pura lógica. Coisa de ser humano. Coisa de entregar-se pra realidade sem nexo, ou seja, a nossa realidade não tem lógica…é a realidade mais pedida…é a realidade tornando-se ilusão.

O que nos impede de ver além, é ver pêlos em cima de ovos. A vida passa, a cada instante, a vida passa, e o caos segue em frente, novamente, calmamente, passivamente e tu? Tu finge que é terrível e que o caos não te diz respeito e que problemas não te dizem respeito, porque tu é um só…não é verdade?! Que ótimo…como tu é lógico! Chega a dar medo! Dá medo usar a lógica pro que não devia sequer ser lógico! Pois o caos é diariamente necessário na tua vida e tu sabe! Que merda! A gente sabe do que a gente precisa pra viver!

A gente precisa de vícios,de manias, de poluições involuntárias! A gente precisa beber gotas do sedativo do horário nobre dos sábados e dos domingos!

Pura lógica! Eu vejo lógica em tudo! Ou não…

Mas eu vejo uma necessidade enorme de não querer ver o que é pra ser visto! Vejo franqueza fora do lugar…vejo fraquezas em todo o lugar.

Mas eu também não faço nada, ou faço?! Ao menos eu ergo a mão quando preciso saber o que não sei! A vida passa, não ta vendo ela passar?!

E tu?! Ta ai? Lendo aquilo que eu escrevi pensando que talvez possa ser um caos necessário. Um caos politizado, elitizado,p o e t i z a d o.

É como lógica.

Enfim, vai passar. Essas coisas passam e o ser humano nem nota. Ele é parte dos botões.

Ele agora é automatizado.

Ele usa lógica onde não deve e não a usa onde deve.

Automatizado.

Viciado.

Fabricado.

Vamos embora. Vamos embora , pois o espetáculo já vai começar…a pipoca nós vamos comprar, e atrás nós vamos voltar, e vamos encontrar com Julio César e o seu tão modernizado ¨pão e circo¨.

Lógica verdadeira trata-se de ver poesia……………..em caos!

Caos……………poesia!

Vida!

 

Maria Ana Maioli

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!