Simplicíssimo

Complexo de Golgi

Violentos Haikais 104/X

A Bruxa Malvada
Gnomo ladrão, duende são
Criança desinformada

Faroeste 90/X

Razão sem ter razão
Razoável irão dize
Assim é (meu)o coração

– Filha, case com ele… Ele é feio, mas é tão rico…- Não mãe, ele é rico mas é tão feio…

Estava eu olhando comunidades de amigos meus no Orkut.

(Sim, sou daqueles que bisbilhota no Orkut, porém a minha razão é somente achar comunidades que tenham alguma relação comigo. Não! Não vou postar nada em comunidade alguma, aliás, não vou ler os tópicos. Tudo que preciso saber sobre a comunidade é o título, sua breve descrição e a foto. Pronto, assim fica mais fácil (ou difícil) das pessoas entenderem como sou ou como penso.)

Quando me deparo com a comunidade mais interessante que eu já vi: “eu tenho complexo de golgi”. Fiquei pensando horas a fio. Não seria: “eu tenho complexo de gol, Gi?” Ou talvez, “Gi, eu tenho um gol complexo”?

Não, não era! A comunidade usava a dita organela como forma de chamar atenção para os problemas variados mais comuns que todos nós temos. Está certo que algumas células, como os glóbulos vermelhos não têm este complexo, mas… Certamente têm muitos outros.

Tenho certeza que se algum programa humorístico inventar uma doença com este nome, vamos achar muitas tias, tios, avós e avôs com este problemão. Eu mesmo conheço uma pessoa que tem complexo de gol.. mil. O Romário. Ele quer uma marca, que eu acho desnecessária, pois ele já ganhou sozinho uma Copa. A grande questão é essa: o que importa uma marca, se o que vale é cada golzinho nesta caminhada?

De ré na contramão, dando importância a cada golzinho marcado.

Pedro Armando Furtado Volkmann

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!