Simplicíssimo

Bólide

Não gosto do seu silêncio
Do silêncio da sua voz
Que me deixa esperando por alguma pronuncia.
Do silêncio dos seus olhos
Que apesar de reflugir me deixa descontente.
Me deixa no espaço, sem saber o que pensar.
Do silêncio de suas mãos
Que nem tocar posso,pois nao estão ao meu alcance e mesmo assim sinto-me ávida.
Do silêncio do teu beijo
Que nunca provei,que nunca senti.
Do silêncio do teu grito
Que trás respostas e alivia somente a você
Mas, gosto da tua voz, nao posso mentir.
Mesmo sem te ter, acho q tenho mais de vc dentro de mim do que alguém que já o tem.
Parece um pouco confuso e egoista querer-te só pra mim.
Ora…você também tem o direito de amar.

Nathalia Figueiredo

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!