Simplicíssimo

No Acre

Um dia quando encher o saco
Da cidade grande,
Irei viver no Acre.
 
Sem tele-jornal-tragédias.
 
Sem asfalto e só barro.
 
Sentirei picadas de muriçocas. Terei febres.
 
Mas terei rios e animais irracionais.
Talvez amorosas caboclas voduzando nos tambores pra mim.
 
E um corpo fechado.
 
E FIM.
 
20=09=2008

Jackson Franco

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts