Como surgiu

E-zine livre de tabus e temas pré-determinados, produzido por cabeças perdidas e pensantes da capital gaúcha, arredores e interior, o Simplicíssimo nasceu da mente mui loca, superativa e idealista de Rafael Luiz Reinehr. Médico especialista em Medicina Interna e Endocrinologia, estudante de Sociologia (que não quer ser presidente da república), 26 anos, natural na cidade das garotas verão, Agudo, no centro Rio Grande do Sul.

Tudo começou a tomar corpo na década de 90, com um maior número de estímulos recebidos pelo jovem quando deslumbrou-se na grande capital dos pampas. Surgiu, na época, um fanzine chamado Joe Volume que, depois, transformou-se no Simplicíssimo. A antiga versão era rodada em uma impressora jato de tinta, com cerca de cinco cópias por edição, distribuída entre amigos. Finalmente, em 25 de outubro de 2002, transformou-se em e-zine, tendo ampliada a participação dos leitores.

Mas, para aumentar o alcance das idéias, o e-zine ganhou, em 26 de junho de 2003, espaço na tal de world wide web, divulgando ainda mais as "Viagens Psicodélicas Impressas no Éter Universal". Ah, o nome, Simplicíssimo, foi chupado e
traduzido de um jornal alemão majoritariamente de cartuns, da virada do século XIX para o XX, que criticava a sociedade e política vigentes, sempre com muito bom humor, algo que lembra muito o "O Pasquim".

Além do idealizador, que organiza toda a balbúrdia de idéias,
escreveram antes do e-zine tornar-se site, esporadicamente ou freqüentemente: Adriana Fornari (médica endocrinologista), Adriano Oliveira (estudante de psicologia), Alessandro Garcia (publicitário e escritor), Alexandre Ulrich (médico anestesista), Blau Souza (médico e editor de Médicos (Pr)Escrevem), Carolina Schumacher (estudante de psicologia), César Schirmer dos Santos (mestrando em filosofia), Daiana da Silva (jornalista), Daniel Dutra (estudante de psicologia), Débora de Azevedo (estudante de odontologia), Edi Ouro (ex-funcionário do Grupo Coquetel), Eduardo Hostyn Sabbi (médico psiquiatra e "homepagemaker"), Evelise Birck Rodrigues (enfermeira), Everton Ferreira (estudante de engenharia elétrica), Fabiano Fraga de Carvalho (médico residente em medicina geral comunitária e músico), Idésio de Oliveira (enfermeiro e poeta), Juliana Robin (estudante), Mestle Kuh-Kah! (cozinheiro chinês exclusivo do Simplicíssimo), Mirian Laise Paul (estudante de pedagogia), Pedro Schestatsky (médico residente em neurologia), Pedro Volkmann (publicitário), Quéli Giuriatti (jornalista), Rafaela Trevisan (estudante de psicologia) e Rogério Amoretti (diretor técnico do Grupo Hospitalar Conceição).