Simplicíssimo

A BÍBLIA DEMON’S [TRADA] -VERSÃO DO DIRETOR

 ZÉ NO EGITO

 


 

Os estrangeiros levaram o Zé para o Egito e venderam para o faraó, que, por sua vez, o deu ao seu principal ministro para que este o levasse para sua casa como criado. Logo que o Zé foi para o Egito, por uma coincidência as coisas começaram melhorar para o faraó, que atribuiu isso ao fato de que Zé tinha uma boa estrela e era protegido pelos deuses, pedindo que o seu ministro o tratasse muito bem. Tudo ia de vento em popa para o Zé, até que a mulher do ministro começou a dar em cima dele. O Zé ia sempre tirando o corpo fora, mas um dia ela o encurralou em um canto e o atacando, agarrou-o, arrancando suas roupas e dizendo com voz sensual:

 

1.   Durma comigo!

2.    Ah, mulher, eu to sem sono ultimamente, deixa disso.

3. Idiota, to dizendo no sentido figurado, quero dar pra você, entendeu?

4.  Xiii… Bateu na porta errada minha filha, da fruta que você gosta eu como até o caroço!

5.    Não quero saber vai me comer de qualquer jeito!

6.    Não como!

7.    Come!

8.    Não como!

9.    Então você me paga, sua boneca!

E dizendo isso saiu da presença do Zé, levando suas roupas, e ao encontrar seu marido entrou onde ele estava gritando:

 

1.    Socorro, socorro!

2.   O que foi mulher?

3. O hebreu que você trouxe para dentro de nossa casa tentou me violentar!

4.   O que? Ingrato! Patife!

5.   Pois é, meu amorzinho, ele é muito mal.

  

E assim o ministro do faraó chamou os guardas e mandou que estes arrastassem o Zé até a prisão, onde ele permaneceria por muito tempo até que alguns acontecimentos inesperados viessem a mudar o seu destino.

Mephistopheles Pionus Maximilliani

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!