Simplicíssimo

Mestre na Sala, depois da limpeza

Um caco de vidro
Um quadro apagado
Uma chama flutua
Iluminando o escuro
De um quarto
Antes imundo
Agora tão mudo
Ele dorme

O caco se estilhaça.
Muitos pedaços
São espalhados
E o quadro se apaga
Novamente
Rapidamente
Silenciosamente

Os restos se juntam
E o lixo mergulha
Naquele veículo
Ciclo insistente

O quadro?
Ah, o quadro
Agora pintado
Escrito faz descrito
Todo o ensino
Daquele dia
Todo empenho
De uma vida.

Frank Santos

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!