Simplicíssimo

Natal de Verdade

Não precisaria de sinos
Nem de presentes
Ou enfeites decentes,
Papai Noel ou chaminé
Muito menos de campanhas publicitárias
Afinal, ninguém se lembra de mais nada
Além do que a mídia faz lembrar
Se há mais de 2000 anos
Um especial ser
Se fez humano
Quase ninguém se esforça
Para saber o porquê de sua história
Que neste natal ao menos
A caridade de alguém
Seja motivo de glória.

Frank Santos

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!