Simplicíssimo

O Santo Graal Colorado

Quase trinta anos de espera… A conquista da Libertadores pelo Grêmio no comecinho dos anos 80 criou um fosso entre o Inter e a glória, o qual só aumentou quando o tricolor conquistou o mundial no mesmo ano. É sempre forçoso comparar. Enquanto as tentativas coloradas mais sérias sempre ficaram no “quase”, nosso maior inimigo ainda engendrou mais uma seqüência de vitórias em meados dos anos 90, as quais culminaram em outra Libertadores. E isto coroado por duas Copas do Brasil e um Campeonato Brasileiro (o qual entendo como o mais difícil do continente).

As duas quedas gremistas à segunda divisão desde sempre atenuaram as dores de nossas desventuras. Atenuaram, mas não resolveram. Apenas a conquista do título máximo do continente nos poria de volta ao jogo, honrando as formações de tempos idos, como a fantástica equipe dos anos 70, ou o simplesmente imbatível Rolo Compressor dos anos 50.

Entretanto, mesmo sabendo da importância disto para o clube e sua torcida, formação após formação, só vimos o colorado ficar mais e mais distante de seu sonho. Beiramos o fundo do poço há questão de poucos anos. Não é de se esquecer nunca que um gol de Dunga nos salvou do rebaixamento à segundona.
De lá para cá as coisas mudaram. A atual gestão a cada dia faz mais por merecer. A busca da Libertadores da América assumiu proporções épicas, “agora é guerra” diz o anúncio no jornal. Este time merece. Tem sido digno da história que o concebeu. Está quase lá, quase…

Eis a minha ansiedade: mais um “quase”. É certo, para se alcançar o prêmio é preciso primeiro chegar a este ponto. E penso que esta formação está perto de seu apogeu, o qual somente será prolongado mediante a conquista. O clube deve isto à massa vermelha há muitos anos. Falta apenas a provação final… Será que vai?

Pela mudança no dia de edição do simpli, este artigo provavelmente sairá após a decisão entre Inter e São Paulo, ou seja, com a sua interrogação respondida. Mas estou escrevendo bem antes do dia decisivo e a minha angústia me arrasta à pergunta: será que vai?

Abraços

Luiz Eduardo

13/08/06

 *************************************************************

…. 16 ou 17 de agosto de 2006

 É forçoso que eu complete! não há como permanecer calado! o dia mais importante da vida de todo o torcedor colorado ousou nascer em plena noite! A AMÉRICA É VERMELHA! A AMÉRICA É VERMELHA! A BÊNÇÃO, VÓS DEUSES E SANTOS DO CÉU E DE TODOS OS LUGARES, o Internacional de Porto Alegre alcança hoje o ponto culminante do continente! A AMÉRICA É VERMELHA! O SONHO É AGORA, E O SONHO É REAL!! VIVA, VIVA O CLUBE DO POVO DO RIO GRANDE DO SUL!

PARABÉNS INTER! SAUDAÇÕES AO "GENERAL" DR. FERNANDO CARVALHO: A GUERRA ESTÁ GANHA! 

 

Luiz Eduardo Ulrich

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!