Simplicíssimo

Vinde a Mim…

Loteria acumulada. Repartição pública com tempo livre. Daí surge a idéia: Bolão!! Sai a lista, após rápida pesquisa. Vários setores participam. Outros andares, até outras unidades procuram o organizador. O total de trezentos funcionários participou. Muito dinheiro aplicado no jogo de azar.

São Paulo, 14 de março de 2006.

 

VINDE A MIM…

 

            Loteria acumulada. Repartição pública com tempo livre. Daí surge a idéia: Bolão!! Sai a lista, após rápida pesquisa. Vários setores participam. Outros andares, até outras unidades procuram o organizador. O total de trezentos funcionários participou. Muito dinheiro aplicado no jogo de azar.

            Feito o calhamaço de apostas, nada mais que dois rolos impressos pela lotérica, cabia a guarda do material até a data do sorteio, dois dias após. Desconfiança é o que não falta ao funcionário público, honesto pela própria natureza. Entre palpites exagerados, alguns maldosos, sugestões improváveis, voluntários de todos os cantos do planeta, surge a idéia coerente: Clara Maria.

            Clara Maria era funcionária antiga, evangélica, casada, dois filhos, saias bem abaixo dos joelhos, pregadora oficial nas horas vagas. Era procurada por todos para aquele conselho necessário, conduta ilibada, postura e decência. Enfim, uma criatura de Deus, filha verdadeira do criador.

            Poucos dormiram na noite do sorteio. A maioria não quis saber o resultado, esperando para a manhã seguinte a conferência das apostas. Pontualmente às 08:00 horas, coisa quase impossível na repartição, muitos se dirigiram à mesa da Clara Maria, sem encontrá-la.

            O desespero foi tomando conta de todos. A moça nunca faltara, em vinte e dois anos de serviços públicos. Dez e meia, ninguém trabalhava. Procuraram o prontuário sem sucesso, pois a desordem do arquivo nunca havia incomodado ninguém até o momento.

            Meio dia e meia, Juquinha, estagiário do setor, começa a rir, gargalhar, debater-se, após a leitura de um e-mail. Todos se aproximam curiosos. Querem rir um pouco, depois de tantas horas de tensão.

            “Juca, favor transmitir a informação aos amigos queridos da repartição. Conferi ontem, com a graça de Deus, os resultados da loteria. Verifiquei que foram sorteados, e fiquei muito feliz por eles. Apanhei minha bíblia e em oração pedi o esclarecimento do Pai. Tive a nítida impressão de receber um chamado dos céus, a apropriar-me da quantia, como pagamento à minha dedicação e serviços salvadores em Seu nome. Diga a todos para nunca perderem sua fé, pois seremos recompensados. Àqueles que tentarem encontrar-me, sugiro que desistam, pois troquei minha identidade e de toda minha família, e neste momento já devo estar em outro distante país. Fiquem com Deus!!”.

            Nem os contatos dos funcionários com vereadores, deputados, senadores e até ministros conseguiu encontrar Clara Maria, e todos voltaram ao duro trabalho de não fazer nada o dia inteiro.

            Clara e a família assistiram divertidos à reportagem do Fantástico sobre os ganhadores enganados da Mega-Sena acumulada vinte e três vezes. Finalizada a reportagem, uniram as mãos, e realizaram longa e fervorosa oração de agradecimento ao divino.

 

Marcos Claudino

Marcos Claudino

Últimos posts

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed