Simplicíssimo

Edição 277 (06/05/08) – Editorial e Edital

Participar de concursos literários é uma boa forma de conhecer pessoas e, para alguns, testar suas habilidades no manejo da pena. Habilidade esta que significa, entre outras coisas, ser capaz de manipular, com maestria, as emoções do interlocutor, também chamado de leitor.

Particularmente, acredito que existam formas muito melhores e mais prazerosas de “testar” nossas habilidades literárias, e gostaria de enumerar algumas:

  • Sessões de leituras de textos originais (ou mesmo textos de outrem) entre amigos, confrades literários ou mesmo públicas, com desconhecidos como em Saraus Literários
  • Organização de Clubes de Leitura ou então de Confrarias de amigos afins às artes literárias
  • Publicação de textos em sites, blogs e afins – principalmente quando são permitidos comentários acerca da publicação (como se faz neste site)
  • Envio de originais a editoras ou a escritores (consagrados ou não) – aviso: esta alternativa pode não dar muito certo, pois existem grandes chances de não receber resposta alguma tanto da editora quanto do escritor, quanto mais “consagrado” ele for. E isso não ocorre por arrogância não! É que ele realmente não tem muito tempo entre viagens palestras e a produção do próximo livro! Afinal, ele vive disso!
  • Existe outra forma, que eventualmente eu mesmo já usei para divulgar meus escritos que era imprimir poesias, pequenos contos ou crônicas e pregar em murais de Universidades, cafés, locais de trabalho, deixando alguma forma de contato se quiser ser contactado por um eventual simpatizante dos seus escritos.

Estas são somente algumas formas de avaliar como você está se saindo. Existem tantas outras que devem sim ser praticadas. Escritos na gaveta só servem para embolorar o papel ou para ocupar espaço no disco rígido.

Quero aproveitar este retorno ao posto de co-timoneiro do Simplicíssimo e divulgar para aqueles mais abruptos que já se enveredaram para a arte do romance que o Grupo Editorial Leya de Portugal está lançando um prêmio literário que dará 100.000 euros ao melhor romance original em língua portuguesa. Além do grande ganhador, o júri poderá escolher outros “Prêmio Leya Finalistas”, que levam pra casa a nada dispensável quantia de 25 mil euros.

A intenção do grupo é receber a maior quantidade de escritos de autores brasileiros, portugueses e africanos. Além do prêmio em dinheiro, o romance vencedor e os “Finalistas” serão publicados simultaneamente em todos países que adotam oficialmente a língua portuguesa.

Entretanto, se você ainda não começou a escrever o seu romance, dê um jeito: as inscrições encerram-se no dia 15 de junho próximo e o vencedor será anunciado na Feira de Frankfurt deste ano.

Para mais informações, acesse o site da Leya: www.leya.com

Sendo o que tínhamos por agora, fechamos a conta e passamos a régua.

Rafael Reinehr

Rafael Reinehr

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!